Segunda-Feira, 17 de Janeiro de 2022

MS aguarda chegada de doses para estabelecer calendário de vacinação de crianças


No estado 291.800 crianças estão aptas a se vacinarem e plano é que elas voltem às aulas imunizadas
Fogo: Divulgação

Após o Ministério da Saúde incluir, nesta quarta-feira (5), crianças de 5 a 11 anos no calendário de vacinação contra Covid-19, o secretário de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES), Geraldo Resende, afirmou que está esperando apenas o envio da remessa das vacinas apropriadas para começar a vacinação desta faixa etária em MS.

O secretário adiantou que a vacinação infantil, apesar de não ter data certa para começar, deverá ocorrer na segunda quinzena de janeiro. Desta forma, a segunda dose poderá ser administrada no começo de fevereiro e as crianças poderão voltar às aulas imunizadas. 

“Isso trará mais segurança não apenas para as crianças, mas também para a comunidade escolar, como professores, orientadores, e também para a família, já que a criança vai ter essa imunização e não correrá risco”, ressalta Resende. 

O esquema vacinal vai seguir o habitual com, pelo menos, primeira e segunda dose e os pequenos serão imunizados com a Pfizer, que virá especialmente com uma dose adequada para esse público. 

O previsto é que a aplicação seja realizada nos mesmo locais: os drive-thru da UCDB e Albano Franco, Seleta e unidades de saúde. Caso seja necessário, a SES junto às Secretarias de Educação dos municípios, poderá realizar ações pontuais para reforçar a cobertura vacinal como aquela que aconteceu nas escolas e vacinou os adolescentes. 

Resende ainda afirmou que, apesar de ser uma decisão acertada, por parte do Ministério, foi tardia e diz que ficou estarrecido que uma decisão assim precise passar por consulta pública. 

Ele ainda ressalta que a vacinação do público adulto e das pessoas de 12 a 17 anos continuará normalmente quando a imunização infantil for acontecer. 


Fonte: Correio do Estado