Segunda-Feira, 17 de Janeiro de 2022

Casos de covid triplicam em janeiro no Estado


Vacinação tem feito com que casos graves sejam minoria e internações e mortes não cresçam
Foto: Divulgação

Os primeiros sete dias de janeiro já acumulam mais casos confirmados de covid-19 do que o mês de dezembro, de acordo com dados da SES (Secretaria Estadual de Saúde) publicados nesta sexta-feira (7). No entanto, as mortes confirmadas pela doença, até o momento, seguem em índice semelhante ao verificado anteriormente. 

Ao menos 2.208 infecções foram confirmadas em janeiro deste ano, sendo que o dezembro teve 1.603 casos. Em novembro, foram 3.546 registros e 4.336 em setembro.

Em boletim epidemiológico divulgado hoje, há 947 infectados novos com a doença. O documento de quarta-feira trazia apenas 25 infecções. O índice da média móvel indica que há pouco mais de 300 infecções diárias, enquanto a taxa anterior era de 100 - ou seja, ao menos, triplicou o índice. 

De acordo com a secretária-adjunta de Saúde, Crhistinne Maymone, houve uma defasagem de dados no mês passado, provocada a partir de um ataque hacker aos sistemas do Ministério da Saúde. Além disso, muitas pessoas voltaram de viagem e têm se testado no Estado, aumentando o número de registros. 


Fonte: Correio do Estado