Domingo, 17 de Janeiro de 2021

Antes de morrer, hóspede disse que uma das namoradas envenenou banana e água


Antes de ser encontrado morto em um quarto de hotel, na região central de Campo Grande, nesta segunda-feira (4) João Videnis dos Santos de 56 anos contou a uma das recepcionistas que havia sido envenenado por uma das namoradas. Ele se relacionava com duas mulheres, segundo o relato de uma das funcionárias do local.

O corpo de João foi encontrado por volta das 16 horas no quarto de hotel, e segundo informações ele havia s hospedado no dia 2 de janeiro deste ano pedindo para não ser incomodado pelas duas namoradas e pela sua mãe. De acordo com a recepcionista, o hóspede disse que estava à procura de paz já que não se dava bem com a mãe e estava fugindo das namoradas.

João era um hóspede frequente já que se hospedava desde 2013 no estabelecimento, e que nessa segunda (4) ainda contou a funcionária que fugiu de equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que teria ido até a casa dele para lhe prestar socorro.

Ele ainda contou que no dia, um sobrinho teria fugido do local com um de seus carros, mas não soube dizer qual seria o modelo. João ainda teria falado para a recepcionista que uma de suas namoradas havia envenenado bananas e sua água. O caso foi registrado como morte a esclarecer.


Fonte: Midiamax