Sábado, 12 de Junho de 2021

MS poderá ficar entre os cinco maiores produtores de peixe do Brasil


Estado passará a produzir tilápia em lago da hidrelétrica de Porto Primavera
Os Estados Unidos é o principal comprador da tilápia produzida em Mato Grosso do Sul

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) liberou nesta sexta-feira (4), a produção de tilápia em lago da hidrelétrica de Porto Primavera, na cidade de Brasilândia. 

Com esta medida, Mato Grosso do Sul deve ficar entre os cinco maiores produtores de peixe do Brasil.

A assinatura desta autorização ocorreu durante solenidade de entrega de casas em Campo Grande. 

O ato foi feito pelo secretário nacional de Pesca e Aquicultura, Jorge Seif Júnior e pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

“Cedemos um espaço físico da União em lago de hidrelétrica, para produção de tilápia em MS, o que permite que o empresário que licitou esta área possa produzir pescado neste local e assim aumentar sua competitividade”, afirmou o secretário Nacional de aquicultura.

Júnior destaca que a medida vai alavancar a produção no Estado, que poderá sair da 11° posição para ficar entre os cinco primeiros. 

“Mato Grosso do Sul agora vai passar de 60 mil toneladas por ano e vai chegar entre os cinco maiores produtores do País. Isto gera empregos e renda para toda região”, reiterou Jorge.

A ministra Tereza Cristina disse que esta cessão onerosa vai gerar muitos empregos para Mato Grosso do Sul. 

“Irá ampliar a produção de pescado para uma região importante do Estado, que é a Costa Leste. Isto representa desenvolvimento da economia local”, frisou a ministra.

O governador Reinaldo Azambuja ressaltou que a liberação de área federal permite que a iniciativa privada utilize a lâmina d´água que é abundante no MS, para ampliar a produção de tilápia no Estado. 

“Podemos sair de 19 mil toneladas, para mais de 60 mil toneladas. Isto gera empregos, crescimento econômico e oportunidades”, salientou Azambuja. 


Fonte: Correio do Estado